Notícias — August 25, 2013 at 7:50 pm

Max Cavalera: as histórias de guerra com Layne Staley

by

max3

No segundo semestre de 1992, o SEPULTURA  conseguiu uma vaga na turnê da banda solo de OZZY OSBOURNE com o ALICE IN CHAINS.

Logo de cara, o grupo de MAX CAVALERA se deu muito bem com o ALICE IN CHAINS, que havia explodido para o mundo no fim do ano anterior e que tinha várias músicas sendo executadas constantemente nas FMs dos EUA. O álbum “Dirt” estava vendendo muito bem.

As duas bandas, claro, caíam na farra juntas, uma vez que o outrora ‘Madman’ estava em um período de total sobriedade e fitness.

Um dia, o vocalista do AIC, LAYNE STALEY, entrou no ônibus dos brasileiros, se esparramou em um sofá e disse “Quem é que está comendo a empresária?”

O ar ficou denso. A ponto de poder ser cortado com faca. Até então, a relação entre a empresária do grupo, GLORIA, com Max ainda era mantida em total segredo pelos dois. Diante do grau de inebriação de todos os envolvidos, quem conseguiu ouvir à indagação de Layne resolveu fazer o Ray Charles e não viu nada.

Em uma das últimas noites da turnê, Layne voltou ao tour bus dos Cavalera e tinha um aspecto engraçado… ele estava sem sobrancelhas!!! Ele contou que, na noite anterior, ele tinha pregado uma peça em uma ‘jovem’ que tinha apagado em seu quarto de hotel… dai ele caiu no sono e ela acordou. Quando Layne acordou, ele viu que ela tinha devolvido a gentileza e raspado suas sobrancelhas! Gloria registrou o momento com uma fotografia.

layne_stanley
Fonte: Playa del Nacho